Recentemente no GEST (Grupo Elite da SST no WhatsApp) houve um bate-papo interessante. O assunto foi levantado pela colega Daiane.

Vou colocar o print da conversa para você ver, mas em resumo a pergunta foi: depois que concluir a pós em Engenheira de Segurança do Trabalho, faço Gestão Ambiental ou Gestão de Projetos?

Embora a pergunta tenha sido feita no contexto de graduação, acho que é relevante também para o Técnico em Segurança do Trabalho (TST) porque muitos querem fazer também o técnico ambiental.

Vou dar minha opinião ao final do artigo, mas já digo logo que não sou dono da verdade. Cada um deve achar o que é melhor para si.

E também peço a você a gentileza de registrar sua opinião lá embaixo nos comentários.

E por falar em comentários, quero te passar uma mensagem muito importante: os comentários que o pessoal deixa ao fim dos artigos são muito relevantes. Vários colegas trazem relatos de sua vida profissional e isso agrega muito.

Portanto, sempre que você chegar aqui no site da Escola da Prevenção, não deixe de ler os comentários. Se tiver poucos comentários, pode ser que o artigo é novo e ainda não recebeu muitos. Portanto, volte 1 dia depois e olhe de novo.

Antes de começar, vamos examinar o que é cada uma dessas áreas?

Gestão Ambiental

Segundo a NBR ISO 14001:2015:

“Alcançar um equilíbrio entre o meio ambiente, a sociedade e a economia é considerado fundamental para que seja possível satisfazer as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazer as suas necessidades. O objetivo do desenvolvimento sustentável é alcançado com o equilíbrio dos três pilares da sustentabilidade.

As expectativas da sociedade em relação ao desenvolvimento sustentável, à transparência e à responsabilização por prestar contas têm evoluído com a legislação cada vez mais rigorosa, crescentes pressões sobre o meio ambiente, decorrentes de poluição, uso ineficiente de recursos, gerenciamento impróprio de rejeitos, mudança climática, degradação dos ecossistemas e perda de biodiversidade.

Com isso, as organizações têm adotado uma abordagem sistemática na gestão ambiental, com a implementação de sistemas de gestão ambiental que visam contribuir com o pilar ambiental da sustentabilidade.”

O gestor ambiental, em geral, realiza atividades como mensurar e reportar os resultados da empresa relacionados a área ambiental, gestão dos resíduos gerados, análise do impacto da empresa no seu entorno, atendimento de requisitos legais, atendimento a requisitos para certificação e auditoria ambiental, etc.

Gestão de Projetos

Vou colocar abaixo um texto que retirei do site PMI Brasil , que tem uma explicação suficientemente boa.

“Mais especificamente, o que é um projeto? é um conjunto de atividades temporárias, realizadas em grupo, destinadas a produzir um produto, serviço ou resultado únicos.

Um projeto é temporário no sentido de que tem um início e fim definidos no tempo, e, por isso, um escopo e recursos definidos.

E um projeto é único no sentido de que não se trata de uma operação de rotina, mas um conjunto específico de operações destinadas a atingir um objetivo em particular. Assim, uma equipe de projeto inclui pessoas que geralmente não trabalham juntas – algumas vezes vindas de diferentes organizações e de múltiplas geografias.

O desenvolvimento de um software para um processo empresarial aperfeiçoado, a construção de um prédio ou de uma ponte, o esforço de socorro depois de um desastre natural, a expansão das vendas em um novo mercado geográfico – todos são projetos.

E todos devem ser gerenciados de forma especializada para apresentarem os resultados, aprendizado e integração necessários para as organizações dentro do prazo e do orçamento previstos.

O Gerenciamento de Projetos, portanto, é a aplicação de conhecimentos, habilidades e técnicas para a execução de projetos de forma efetiva e eficaz. Trata-se de uma competência estratégica para organizações, permitindo com que elas unam os resultados dos projetos com os objetivos do negócio – e, assim, melhor competir em seus mercados.

Ele sempre foi praticado informalmente, mas começou a emergir como uma profissão distinta nos meados do século XX.”

Link para o original aqui.

Qual o melhor caminho?

Para quem concluiu a formação em saúde e segurança ocupacional e quer agregar ainda mais valor a sua formação, as duas opções são boas.

Porém, da minha experiência profissional, vejo como mais natural a sinergia entre SST e área ambiental.

Certa vez trabalhava numa indústria química, e o gerente que cuidava da SST também cuidava de qualidade e meio ambiente.

Ele tinha 3 coordenações embaixo dele, uma para SST, outra para qualidade e outra para área ambiental.

Então, para mim, a Gestão Ambiental faz mais sentido.

Mas, como eu disse no início, esse tipo de recomendação pode variar muito de caso a caso.

Você precisa avaliar bem sua situação atual e analisar também a região onde você pretende trabalhar.

Porque cada cidade vai ter demandas maiores ou menores de acordo com características regionais.

E você, qual a sua opinião sobre esse assunto? Digite nos comentários!


Herbert Bento
Herbert Bento

Gostou do artigo? Então deixe um comentário! Aproveite também e visite nossa seção com Materiais Gratuitos de SST.

Comentários

    23 comentários sobre "Faço Gestão de Projetos ou Gestão Ambiental?"

    • Marcelo pontes

      Bom dia, tudo depende do gosto e da vontade de cada pessoa, temos que lembrar que não é apenas o aspecto financeiro que conta mas também a paixão pela profissão .
      Mas se tratando da dúvida em questão: projetos ou ambiental, são áreas completamente diferentes, é preciso conhecer bem cada uma delas , e ver o que mais te agrada .
      Pra quem fez Pós em seg, trabalho com certeza a área ambiental está totalmente ligada , assim como a área da saúde. Daí vem o termo : SMS – segurança/meio ambiente/saúde.
      espero ter contribuído,
      saudações

      • Herbert Bento

        Marcelo, obrigado por agregar em nosso debate.

    • LUCIANO BUSTAMANTE DELMONTE

      Olá pessoal, maravilha essa ajuda para aqueles que estão na dúvida. Pessoalmente fiz graduação em Engenharia Ambiental, estou terminando a pós em Segurança do Trabalho e pretendo fazer a pós em projetos para agregar valor as demandas. Grande abraço.

      • Herbert Bento

        Luciano, obrigado por comentar.

    • Amanda Costa

      Bom dia. Eu fiz o técnico em segurança do trabalho e o tecnólogo de segurança do trabalho, qual dos dois seria mais indicado?

      • Herbert Bento

        Oi Amanda, os dois cursos mencionados, são para pós-graduação. Você precisa verificar se é possível prestar esses cursos com o diploma de tecnólogo.

    • Maria José

      Acredito que sst e gestão ambiental estão unidos, em qualquer situação os dois estarão relacionados. Não trabalho na área ainda, mas seria minha primeira atitude, trabalhar em união com o meio ambiente… Espero ter ajudado… María José, TST…

      • Herbert Bento

        Maria José, obrigado por seu comentário.

    • laffaete@hotmail.com

      Ela ja fez uma baita de curso que é engenharia civil
      minha sugestão é que ela faça Pós Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento sustentável em uma boa faculdade .
      Ai vai unir o útil ao agradável.

      Atenciosamente

      Lafaete de Brasilia

      • Herbert Bento

        Laffaete, obrigado por comentar!

    • Boa tarde pessoal… Herbert é pertinente o assunto, e mesmo não estando atuando na área de TST, a meu ver, o melhor caminho para complementar os estudos e se diferenciar no mercado, é fazer cursos relacionados ao meio ambiente e de trânsito e transporte, e falo isso com propriedade, tanto que sou formado em TST, Técnico em Edificações, Tecnólogo em Gestão Ambiental e Tecnólogo em Segurança do Trânsito. Mas é isso, espero ter ajudado a respeito. Abraços e sucessos.

      • Herbert Bento

        Daniel, muito obrigado por seu comentário.

    • Maxwell

      Boa Tarde
      Moro no Sul do Espirito Santo e analisando o mercado dessa região eu optaria por Qualidade e segurança mesmo sabendo que a área ambiental e de grande importância nos casos de certificações e auditórias porém passados esses períodos isso tudo vai para gaveta…. Isso aqui nessa região quero deixar bem claro. As outras áreas já me dá uma expansão e infinitas oportunidades de atuação.

      • Herbert Bento

        Maxwell, obrigado por seu comentário.

    • Reinaldo Pinto Ribeiro

      Caro Herbert, o tema projetos é muito cativante e inspirador. Porém o trabalho com gestão ambiental é um tanto quanto desafiador, creio que seja este p seu desejo! Um desafio a cada novo obstáculo, que agrega muito mais que simples conhecimentos, mas experiências e satisfações pessoais. Portanto meu caro a balança está á sua frente, seja sincero e honesto ao colocar as diferenças nis pratos. Que o bom DEUS lhe dê sabedoria e discernimento para reconhecer sua verdadeira aptidão. Espero sinceramente tê-lo ajudado.

      • Herbert Bento

        Oi Reinaldo, acho que você não entendeu direito o texto. Mas ainda assim, obrigado por suas palavras.

    • MARCOS PELAIO

      Boa tarde Herbert
      Minha GRADUAÇÃO após o nível TÉCNICO DE SEGURANÇA foi em GESTÃO AMBIENTAL e minha PÓS foi em GESTÃO INTEGRADA DE SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE. Portanto, concordo plenamente com você sobre sua opinião neste artigo. As empresas estão “dando” prioridade aos profissionais da área de segurança do trabalho, mais especificamente aos TÉCNICOS aqueles que possuem alguma especialização na área ambiental até porque vamos ser sinceros aqui, as empresas sempre TENDEM a atribuir mais alguma função ou atribuição aos técnicos de segurança, apesar de ser proibido porem, a competitividade do mercado de trabalho hoje nos obriga a termos DIFERENCIAIS em nossa formação e em nosso currículo, portanto, MINHA OPINIÃO segue a sua linha de raciocínio , FAÇAM GESTÃO AMBIENTAL que complementará e muito.

      • Herbert Bento

        Marcos, obrigado por comentar.

    • cleyton_martins1@yaho.com.br

      concordo contigo Meio Ambiente e SST estão diretamente ligadas!!

    • Afonso

      Boa tarde! “Discussão ” muito bacana e pertinente.
      Pensando em uma empresa que tem uma preocupação grande com qualidade, meio ambiente e segurança acredito que seja ” imprescindível” ter uma graduação e vislumbrando este mundo corporativo acredito que gestão ambiental se enquadrada bem.

      • Herbert Bento

        Afonso, obrigado por comentar.

        • José Levi Felisberto de Oliveira

          Algumas especialidades da Engenharia Civil têm uma interface maior com a Engenharia Ambiental do que com a Gestão de Projetos, o contrário ocorre com outras. Embora os assuntos que fazem parte da grade curricular do curso de Gestão de Projetos sejam bastante interessantes, para um profissional que já está envolvido com o desenvolvimento de conhecimentos na área de SST, ingressar na área ambiental é mais interessante.

          • Herbert Bento

            José, obrigado por agregar aqui no nosso artigo.

Use o campo abaixo para deixar sua dúvida, elogio ou sugestão!

Digite seu comentário abaixo. Depois digite seu nome e e-mail (seu e-mail não vai aparecer para outras pessoas).