Todo estudante de SST se pergunta: tem concurso na área de segurança do trabalho?

Quando estamos estudando para atuar em uma determina área de trabalho, estamos sempre pensando em como o mercado de trabalho irá nos receber.

Em um mundo perfeito, logo que nos formamos, encontramos emprego na nossa área de interesse.

Mas o mundo real não é assim.

Um caminho procurado por muitos, para encontrar o tão desejado emprego, são os concursos públicos com vagas para profissionais da área segurança do trabalho, em especial o técnico e o engenheiro de segurança do trabalho.

Agora deixa eu te perguntar uma coisa:

Você sabia que algumas plataformas podem te informar a respeito de todos os concursos abertos de segurança do trabalho ?

Se o problema antes era encontrá-los … “seus problemas acabaram” ! rsss

Clique aqui para acessar a lista de concursos públicos abertos com vagas para técnicos de segurança do trabalho.

De fato, o sonho almejado para grande parte da população brasileira é conseguir um concurso para saber que “o futuro está garantido”.

Mas sabemos que esses concursos não caem no nosso colo.

Temos que nos dedicar bastante para conseguir ser aprovados em um concurso público.

São horas de estudo e também devemos abrir mão de bastante coisa até alcançar esse objetivo.

E foi para te ajudar a alcançar esse sonho que criamos esse artigo.

Não só serve para aqueles concurseiros de plantão, mas para todos aqueles que querem regrar seus estudos.

Daremos diversas dicas de como se preparar e estratégias de estudos para que você chegue sempre pronto para fazer qualquer prova e de qualquer banca.

COMO SE PREPARAR PARA ENFRENTAR CONCURSOS DE SEGURANÇA NO TRABALHO

Se o seu objetivo é conseguir ser um concursado prepare-se para horas de dedicação, noites em casa, técnicas de memorização e também para tomar litros de café.

Vamos começar essa sessão do texto dando dicas de como organizar a sua rotina de estudos.

A ROTINA DE ESTUDOS

Para começar, a rotina de um concurseiro deve ser seguida à risca, afinal, tudo isso tem um grande objetivo e também trata-se da realização de um sonho: conseguir ser aprovado em um concurso público.

Quando bem estruturada, sendo realista e levando em consideração os diversos aspectos da vida do indivíduo é “simples” manter-se fiel a rotina de estudos.

Manter-se realista talvez seja a dica mais importante que podemos dar nesse momento introdutório, pois não adianta nada trabalhar oito horas diárias e chegar em casa achando que você terá condições físicas e psicológicas para estudar por mais oito.

É simplesmente ilógico e muito provável que resulte em frustração.

A diferença entre uma aprovação e uma reprovação é bem mínima, então, organização para conseguir estudar todos os assuntos que serão cobrados no concurso é MUITO importante.

Dividi-los de forma consciente e estabelecer metas é importante para manter o cronograma em dia.

  • Defina o tempo

Antes de tudo você deve saber quanto tempo por dia você pode dispor.

Nem todos tem muito tempo livre, alguns trabalham, alguns estudam, já outros trabalham e estudam, claro, além do estudo para passar em um concurso público.

Isso pode ser visto de duas formas, pessoas que tem outras atividades além de estudar para concurso podem ser mais focadas pois sabem que aquelas 4 horas diárias que sobram do seu dia são preciosas e devem ser aproveitadas ao máximo.

Por outro lado, a procrastinação pode ser um problema frequente para quem somente estuda para concurso, afinal, a ideia do “ah, eu tenho o dia inteiro para fazer isso” sempre estará pronta para aparecer a qualquer vacilo durante a rotina de estudos.

  • Organização

Agora que você sabe que tem um total de X horas para estudar por dia, o próximo passo é organizar o horário em si.

Para isso recomendamos usar uma planilha organizadora, uma agenda ou ainda um pedaço de papel. O que melhor te servir.

Essa metodologia é ótima para manter todos os compromissos sempre à vista, especialmente se você não tem um compromisso com cursinho.

Nesse quadro, não coloque somente os seus momentos de estudo, coloque suas outras atividades diárias e sempre reserve alguns momentos para lazer, especialmente se for como uma espécie de sistema de recompensas.

Por exemplo, quando você conseguir finalizar todas as metas de uma semana de estudos, seja em questão de quantidade de assuntos finalizados ou mesmo horas estudadas, você se permitirá sair no sábado à noite.

Sistemas de recompensas são perfeitos para não deixar com que a rotina de estudos seja desestimulante, trabalhar em demasia e não se divertir nunca.

Afinal, ninguém é de ferro e todos precisamos de um momento de distração.

Mas atenção, perceba que você estará estudando sob sua supervisão, ou seja, cabe a você ter a força de vontade necessária para conseguir seguir à risca tudo o que foi determinado levando em conta o bom senso.

  • Ciclos de estudos

Se mesmo utilizando a tabela você não consegue manter-se disciplinado o suficiente para ver os belos frutos dos seus estudos, uma boa ideia é mudar de tática.

Muitas vezes isso acontece porque alguns indivíduos podem ter uma rotina um tanto imprevisível, como pessoas que trabalham com ações ou mesmo freelancers.

Partindo desse princípio, os indivíduos podem utilizar ciclos dentro da semana ou do dia.

Uma forma interessante de estimular a memorização é diversificar as matérias entre os ciclos, por exemplo, no ciclo um você pode focar nos assuntos de cunho jurídicos como leis e resoluções da área de segurança no trabalho, já no dois, o foco pode ser raciocínio lógico.

Essa metodologia de estudo é bastante eficiente para indivíduos que tem dificuldades em seguir rotinas fechadas e também para o caso citado acima, para quem não tem seu dia a dia compromissos fixos.

O ciclo também evita que o estudo fique monótono, afinal, você pode trocar de matéria sempre, fazendo com que pouco tempo (por vez) seja dedicado a uma matéria que você não suporta, por exemplo.

Mas mesmo utilizando a técnica de ciclos de estudos, você, em hipótese alguma, deve deixar de lado a rotina de estudo, afinal, você deve manter metas bem definidas para alcançar seus objetivos.

DÚVIDAS FREQUENTES DE QUEM ESTUDA PARA CONCURSO PÚBLICO

Mesmo seguindo todas as dicas sobre como se preparar para enfrentar as semanas de trabalho árduo pela frente, ainda assim, nem todas as suas dúvidas e seus questionamentos serão respondidos.

Dessa forma, fizemos um grande levantamento das dúvidas mais frequentes e vamos discorrer um pouco sobre cada um deles.

Abrir mão da vida social é uma verdade universal?

Não completamente.

Claro, que para alcançar um objetivo tão procurado quanto a aprovação em um concurso público algumas concessões deveriam ser feitas, certo?

Uma delas é boa parte da sua vida social.

Mas como dissemos acima, é interessante que você não a deixe completamente, assim como outros hábitos de lazer que você cultive como assistir filmes, séries, etc.

Isso ajuda qualquer concurseiro a não perder a cabeça e ficar completamente desestimulado, além de ser uma boa técnica de recompensa.

Certamente é um grande desafio para aqueles que estão acostumados a ter uma vida social intensa, contudo, foco é tudo para esses casos.

É importante manter em mente que a vida de concurseiro é temporária, para alguns dura mais tempo que para outros, mas, de forma geral, ela acaba.

Além disso, uma vez aprovado você poderá desfrutar de toda a sua vida social com a carreira que você sempre sonhou.

Quanto tempo demorará para ser aprovado em um concurso público?

Um mês. Um ano. Três anos. Todas essas são respostas válidas para essas perguntas. O grande segredo nesse ponto é a força de vontade.

Existem indivíduos se preparando durante anos para um concurso, isso pode ser visto de duas formas: ele está bastante preparado para disputar essa vaga ou ainda ele falhou diversas vezes e por isso ainda está na disputa.

O importante é identificar as falhas que você pode ter cometido para esse “não foi dessa vez” e usar como pontos positivos para o próximo concurso.

Escolha a filosofia do copo meio cheio, afinal, basta o estresse de estar sempre estudando e fazendo concessões.

Devo fazer diversos concursos ou focar em um?

Experiência é sempre um ponto importante em qualquer disputa, seja para conseguir regra-se em função do tempo, controlar o seu nervosismo.

Apesar de benéfico, pode ter pontos para se atentar antes de começar a se inscrever em dezenas de concursos e em qualquer um.

Primeiro, quanto mais próximo dos assuntos cobrados pelo concurso dos seus sonhos, melhor, afinal, quer dizer menos tempo “perdido” estudando assuntos avulsos.

Conhecer a banca que normalmente prepara a prova do concurso público dos seus sonhos é certamente uma vantagem na frente daqueles que estão entrando na vida de concurseiro agora, mas cuidado para não perder o seu foco.

Foco é algo muito importante em todo esse processo.

Que material usar na rotina de estudos?

Essa também é uma questão que a resposta é depende de cada caso. Existem materiais didáticos de diversos tipos e abordagens.

( conheça o Método AP8S, aqui da Escola da Prevenção )

E não necessariamente qualidade quer dizer pago, existem materiais diversos disponíveis na internet com qualidade semelhante ou até melhor. Participe de fóruns e outros grupos, certamente, nesses locais você encontrará outros indivíduos que estão nessa mesma caminhada e você terão diversas experiências para trocar.

Outra dica interessante nesse âmbito é não se prender a um tipo de material só, use PDFs, livros, vídeo-aulas, apostilas, bancos de questões, aplicativos… Cada dia mais métodos de estudos estão sendo criados, explore todos.

Deve-se estudar o dia inteiro?

Essa é uma dúvida corriqueira para qualquer um que ainda não tem muita experiência com a rotina de um concurseiro.

Você pôde ver acima que não existe uma metodologia clara que serve para todos, vai variar de acordo com o tempo que o indivíduo pode dedicar e também qual método combina mais com ele.

Algumas pessoas estudaram mais de 10 horas por dia, outras só tinham como dispor 2 horas diárias para ver todos os assuntos do concurso. Cabe a você saber qual a melhor abordagem.

Não há uma fórmula mágica que vá garantir sua aprovação em um concurso público, existem diversas variáveis que podem entrar nessa questão.

Na verdade, podemos até afirmar que tem, em todos os casos há um ingrediente que fez a diferença em todo o processo: dedicação.

Não adianta pagar cursinhos caros e especializados, baixar somente os melhores materiais para estudar se você de fato não ESTUDAR. Deve haver o mínimo de comprometimento com os seus objetivos.

Além disso, não importa estar sempre se preparando e não estar atento a abertura dos concursos, ou seja, você precisa sim usar todos os artifícios possíveis para conseguir isso.

Fonte:

Concursos no Brasil com vagas para Técnico em Segurança do Trabalho


Herbert Bento
Herbert Bento

Esse artigo foi publicado pela Equipe da Escola da Prevenção. Gostaria de debater conosco sobre esse assunto? Então venha conversar conosco no Grupo Elite da SST no WhatsApp.