Introdução e créditos

Recebo muitos contatos de profissionais da área, alguns clientes, outros ainda não.

Entre os novatos na área de SST, a pergunta mais comum é “como começar” ou “não tenho experiência, como consigo uma oportunidade”

Então eu decidi fazer uma pesquisa mais aprofundada, entender o perfil dessas pessoas.

Para isso, contratei a jornalista Juliana Cardoso Rodrigues ( Linkedin da Juliana ) para fazer uma pesquisa com centenas de clientes meus e também para escrever um texto com suas conclusões e recomendações.

O objetivo é ajudar os colegas de profissão que estão nessa situação com algumas ideias “fora da caixa”.

A história “das formigas” que eu vou contar daqui para a frente é minha. Dali em diante, o “grosso do texto” foi elaborado pela Juliana.

Agradeço imensamente a Juliana pelo trabalho de pesquisa e proposição de alternativas profissionais.

Minha história com a palavra “crise”

(por Herbert Bento)

Se você é formado ou estudante na área de Segurança do trabalho, já deve ter ouvido alguém falar que a “crise” afetou o mercado.

Então deixa eu te contar uma história da minha infância sobre “crise”.

Quando eu tinha uns 10 anos de idade meus pais resolveram fazer uma obra na casa e eu fiquei com a função de servir café da tarde aos pedreiros.

Então eu estava lá na cozinha passando manteiga no pão e vi uma formiga carregando um pedaço da casca do pão.

E como eu era criança, eu pensava que formiga só se alimentava de açúcar, (aquilo que a gente vê nos desenhos animados).

Daí eu disse: “nossa, não sabia que formiga gostava de pão, para mim formiga só gostava de açúcar”.

Então um dos pedreiros disse: “é a crise meu filho, é a crise”.

Assuma a responsabilidade sobre a sua vida

Por que eu resolvi te contar essa história da formiga? 

Foi para ilustrar que no Brasil, essa desculpa da crise é antiga (sem querer revelar a minha idade, mas eu já tenho muitos cabelos brancos).

Se você se deixar abalar por essa história de crises, vai colocar sempre a responsabilidade da sua situação nas costas dos outros.

Presta atenção no que eu vou te dizer agora: o primeiro passo para você mudar a sua situação de vida atual é assumir total responsabilidade sobre sua vida como ela é hoje.

Agora que eu já te contei isso, vamos voltar ao assunto principal.

(daqui para a frente, créditos para a Juliana)

Embora seja um dos serviços primordiais e vitais para as empresas, principalmente para ajudar a cuidar, promover a saúde dos trabalhadores, os profissionais do setor tem encontrado cada vez mais exigências para alcançar uma oportunidade de trabalho, para poder exercer a profissão que desperta uma paixão especial em todos nós.

E essa é uma das principais fontes de frustração entre os profissionais da área, principalmente aqueles que tem pouca ou nenhuma experiência.

E foi para tentar ajudar as pessoas que estão nessa situação que escrevi esse artigo.

Você vai aprender alternativas de trabalho e também de divulgação de você, como profissional. 

Você também vai aprender a construir a sua imagem profissional e divulgar o seu trabalho, além de apresentar saídas para fazer dinheiro e investir ainda mais em sua carreira e no seu futuro.

Além de tratar de questões financeiras e aperfeiçoamento profissional, também trataremos de um tema que vai revolucionar a sua vida: o empreendedorismo! 

Se você só ouviu falar mas nunca se aprofundou no tema, essa será a sua chance de conhecer um pouco sobre ele e como usar o empreendedorismo em seu favor para transformar a sua vida profissional.

Quem deseja trabalhar com segurança do trabalho, precisa estar ciente de uma coisa: essa profissão exige constante aperfeiçoamento e um desejo muito grande de cuidar das pessoas.  

Essa profissão requer estudo, conhecimento e evolução constante, principalmente se você deseja se destacar na carreira.

Mas, em um país com milhões de desempregados, pouquíssimas ofertas de emprego e um alto nível de exigência profissional do mercado, o sonho de atuar na área parece cada vez mais distante.

Por essa razão essa sequência de artigos foi elaborada. 

Se você tem pouca ou até nenhuma experiência, ou mesmo se já tem experiência mas tem tido dificuldades de encontrar oportunidades, esse conteúdo é para você.

Já no próximo artigo vamos falar sobre a internet. Como usar a internet para adquirir experiência com formas alternativas de trabalho. Mais especificamente vamos ver como trabalhar em casa como freelancer.

No artigo 3 vamos falar sobre ter o próprio negócio na área de segurança do trabalho. E calma, isso não é tão assustador quanto parece.

No artigo 4 vamos falar da importância das redes sociais nos dias de hoje.

No artigo 5 vamos falar sobre a possibilidade de trabalhar como instrutor, ministrando treinamentos.

E vamos encerrar o curso no artigo 6 , onde falaremos sobre os sabotadores psicológicos. 

Então é isso.

Em alguns dias postaremos a segunda parte.

Até lá!

Para ler a continuação (parte 2) clique aqui.


Herbert Bento
Herbert Bento

Gostou do artigo? Então deixe um comentário! Aproveite também e visite nossa seção com Materiais Gratuitos de SST.

Comentários

Use o campo abaixo para deixar sua dúvida, elogio ou sugestão!

Digite seu comentário abaixo. Depois digite seu nome e e-mail (seu e-mail não vai aparecer para outras pessoas).