Recebi a seguinte pergunta de um aluno:

“Quando o profissional da SST presta serviços em empresas como terceirizado, esse acompanhamento do Plano de Ação será revisto só quando for atualizar o PGR?”

A pergunta é bem interessante porque leva a outro ponto. Como eu gosto de dizer: sem ação não tem prevenção (Isso até já foi tema de outro post).

Porque de nada adianta fazer um inventário de riscos excelente, se as ações necessárias não forem implementadas.

Por isso que a imagem que ilustra esse post é o print de uma planilha de plano de ação no modelo 5W2H.

E se você ler esse post todo até o final eu vou te dar a planilha de presente 🙂

Portanto, a resposta que eu dei para o meu aluno foi:

“Acompanhar a execução do plano de ação é CRUCIAL!!! Se estiver prestando serviço em uma empresa, crie meios de acompanhar isso, com a frequência que julgar necessária. Semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente. Mas, “só quando for atualizar o PGR”, jamais, de jeito nenhum. Nesse caso vai ser tarde demais para corrigir.”

Como eu ia dizendo, é a execução do plano de ação que vai trazer as correções e melhorias necessárias no ambiente de trabalho, para que haja a correta implantação do GRO (Gerenciamento de Riscos Ocupacionais).

Portanto, dê bastante atenção a essa fase.

Para ajudar a fazer isso, dei para meus alunos e vou liberar gratuitamente para quem leu esse post o Plano de Ação 5W2H.

Para baixar é necessário informar e confirmar o email, através do link a seguir:

Baixar Plano de Ação 5W2H

Plano de Ação 5W2H

Para informações completas sobre o GRO e o PGR, consulte o novo texto da NR 1.

Abraço,
Herbert Bento da Escola da Prevenção


Herbert Bento
Herbert Bento

Gostou do artigo? Então que tal receber puro "Conteúdo SST" no seu WhatsApp? Entre no Grupo Silenciado Conteúdo SST onde só eu posto puro conteúdo SST de segunda a sexta.